top of page

Cada um terá a vista da montanha que subir

Constantemente me encontro refletindo sobre as escolhas que fazemos na vida e como elas nos direcionam através dos anos. Alguns são satisfeitos com a vida que levam, enquanto outros temerosos de jamais alcançarem seus objetivos, se embaraçam na dor do arrependimento de terem escolhido errado.

Sim, as escolhas que fazemos determinam os lugares que chegaremos e isso nada tem a ver com destino ou, pasmem, com a vontade de Deus.

Muitas pessoas escondem seus fracassos sob a capa da “vontade soberana de Deus”. Como se o Senhor tivesse predestinado uns para o sofrimento e outros para a bonança, o que é completamente contraditório com a personalidade Dele e facilmente questionado com um pouco de leitura bíblica.

A vontade de Deus só se faz soberana na vida daqueles que a desejam e a buscam, pois aos nos dar a capacidade de escolher, Ele compartilhou igualmente conosco a possibilidade de colhermos os frutos de nossos esforços e também da falta deles.

E aqui é o ponto que poucos falam, mas que tanto alcança as crises daqueles que vivem em arrependimentos: colheremos os frutos da nossa falta de esforço.


Provérbios 21:25 diz: “O preguiçoso deseja muitas coisas, mas acaba em ruína, pois suas mãos se recusam a trabalhar.”


Ter desejos no coração faz parte de todos nós, mas algo nos diferenciará: seremos aqueles que tem apenas desejos ou seremos aqueles que trabalham duro e realizam seus desejos. E assim, pedindo direção e sabedoria ao Senhor, Ele nos guiará através de sua vontade.


Cada um terá a vista da montanha que subir, o autor desta frase é desconhecido, mas sugere que assim como aquele que escala uma montanha tem a recompensa da paisagem ao encerrar a caminhada, assim também seremos recompensados com os caminhos que escolhemos. Eu desejo profundamente, que você comece essa escalada logo e vislumbre uma linda vista privilegiadamente separada para aqueles que vão além do comum e genuinamente se esforçam.

21 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page